Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza

-

A aurora boreal representa um sonho para muitos viajantes. Mas para a sua experiência ser ainda mais completa reunimos todas as informações que você sempre quis saber num só lugar. Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza será a sua referência quando o assunto for as luzes do norte!

Presenciar esse espetáculo da natureza é um privilégio muito emocionante, e não basta estar no lugar certo e na hora certa, é preciso muito conhecimento, técnica, experiência e o principal, estar acompanhando de uma equipe especializada. A Terra Adentro Expedições tem tudo isso para te oferecer!

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza. Todas as informações que você sempre quis saber num só lugar.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza.

Pensamos a Expedição Islândia estrategicamente para unir as melhores atrações do país com as noites de busca pela aurora boreal. Selecionamos hotéis de alto padrão com localizações remotas e perfeitas para facilitar e otimizar a visualização das luzes do norte. Além disso, escolhemos as melhores localizações, nossa equipe monitora todos os fatores relevantes com muita técnica e conhecimento para os viajantes terem essa experiência incrível.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza vai abordar não só os fatores científicos que envolvem esse fenômeno, mas também as lendas e as histórias místicas que os povos nórdicos contam sobre as luzes do norte.

Prepare-se para uma grande aventura colorida e emocionante!

O que é a Aurora Boreal?

As auroras boreais, também chamadas de luzes do norte ou aurora polar, são um dos espetáculos mais impressionantes da natureza. Este fenômeno natural ocorre quando essas partículas carregadas entram em contato com a atmosfera terrestre, elas colidem com átomos e moléculas na alta atmosfera, fazendo com que emitam luz. Assim, essa colisão cria um espetáculo luminoso de cores vibrantes que dançam no céu.

A palavra aurora boreal deriva da junção da palavra aurora, do latim “aurora”, com o sentido de “claridade ao amanhecer”, e da palavra boreal, do latim “boreale”, significando algo situado ao norte.

A aurora boreal é um fenômeno luminoso que acontece na camada da atmosfera denominada termosfera, ou ionosfera. Que é a camada da atmosfera mais afetada pelos campos magnéticos. A aurora boreal acontece no Hemisfério Norte do planeta, por isso, recebe esse nome. É possível visualizá-la a olho nu, desde que o céu esteja escuro e limpo.

Como se formam as auroras boreais?

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza. Todas as informações que você sempre quis saber num só lugar.
Como se formam as auroras boreais. Fonte: Steele Hill/NASA.

O fenômeno óptico da aurora boreal se desenvolve na termosfera, se estende de uma altura mínima de 60 km a partir da superfície até 1000 km. Essa camada se encontra entre a exosfera e a mesosfera. A ocorrência da aurora boreal está associada aos ventos solares, que têm origem na camada mais externa do Sol, denominada corona.

A aurora é formada quando partículas carregadas do sol, como prótons e elétrons, são expelidas em direção à Terra. Essas partículas são conhecidas como vento solar e viajam pelo espaço a uma velocidade de cerca de 400 km/s. Então, quando o vento solar chega à Terra, é atraído pelo campo magnético do planeta. Esse campo magnético é mais forte nos polos norte e sul, onde as linhas do campo magnético convergem em direção ao centro da Terra.

As partículas do vento solar são, então, canalizadas em direção aos polos, onde colidem com as moléculas de oxigênio e nitrogênio presentes na atmosfera. Essa colisão faz com que as moléculas de oxigênio e nitrogênio fiquem excitadas e, ao voltarem para seu estado normal, liberem energia em forma de luz. Essa interação dos gases presentes na atmosfera, precisamente na ionosfera, com os prótons e elétrons emitidos pelo Sol, portanto, é responsável pela produção da fluorescência característica das auroras.

Confira no vídeo como as auroras se formam:

As luzes das auroras. Fonte: YouTube Jornal Nexo.

É o fenômeno mais incrível da natureza visível apenas em locais com pouca poluição luminosa, ou seja, bem escuros.

Aurora boreal x aurora austral

Você já deve ter ouvida esses dois nomes e se perguntado: mas qual a diferença? A principal diferença é a região em que cada uma acontece. As auroras austrais são ocorrem no Hemisfério Sul da Terra, podendo ser vistas na Antártida, na Patagônia, na Tasmânia e na Nova Zelândia. As auroras boreais acontecem no Hemisfério Norte, sendo mais bem observadas na Islândia, na Suécia, na Finlândia, na Noruega, na Sibéria, na Groenlândia e no Canadá.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Como caçar Aurora Boreal na Islândia.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Aurora Boreal na cachoeira Skógafoss na Islândia.

Alguns cientistas chegaram a afirmar que ambas as auroras aconteceriam de modo simultâneo, como uma espécie de espelho. Mas foi a partir de um estudo da NASA, apresentado em 2009, que essa hipótese se desfez. Os especialistas identificaram que o movimento delas é feito em direções opostas, a austral rumo ao sol e a boreal no sentido contrário.

Foi o cientista Galileu Galilei, em 1619, que criou o nome Aurora Boreal. Uma referência à deusa romana do amanhecer, Aurora, e Bóreas, deus grego que representa os ventos do norte. Já o nome, Aurora Austral, foi criado pelo cartógrafo inglês James Cook, se referindo diretamente ao Hemisfério Sul da Terra.

Onde visualizar as auroras boreais?

Esse guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza não seria da Terra Adentro Expedições se não iniciássemos esse tópico dizendo que o melhor lugar do mundo para ver aurora boreal é na Islândia e na nossa expedição. Sim! Após viajar por mais de 60 países e por todo o ártico, nós elegemos a Terra do Gelo e do Fogo, também como: A Terra da Aurora Boreal!

Confira os registros feitos durante a Temporada de 2023 da Expedição Islândia:

Embora a Islândia seja nosso país preferido, onde já vimos as auroras mais incríveis da nossa vida. É claro que é possível visualizar esse fenômeno em toda a região do Hemisfério Norte, que também é chamado de setentrional ou boreal. Assim, o fenômeno da aurora boreal é mais visível em áreas de altitude elevada que ficam situadas acima do Círculo Polar Ártico (66º33’ N), especialmente na zona auroral. A zona auroral consiste em uma área que se estende por um raio de até 2500 km a partir do Polo Norte na qual as luzes do fenômeno aparecem de maneira mais intensa.

Além da Islândia, a aurora boreal possui maior visibilidade em algumas regiões como:

  • Alasca (Estados Unidos);
  • Canadá;
  • Noruega;
  • Suécia;
  • Finlândia;
  • Sibérias (Rússia);
  • Em caso de tempestades solares, a aurora boreal se torna visível também em outras áreas, como em outros estados dos Estados Unidos, por exemplo.

Qual a melhor época para visualizar aurora boreal?

Embora a aurora boreal seja um fenômeno natural, e por isso imprevisível, há diversos fatores que podem ser monitorados para maximizar as chances de presenciar esse espetáculo. A “previsão” da Aurora Boreal é bastante complexa e depende de vários fatores, incluindo atividade solar, condições climáticas e a presença de nuvens.

A aurora boreal combina com noites longas e escuras, mas é possível observar o fenômeno desde o entardecer. Na realidade, o fenômeno acontece durante o ano inteiro, mas não é possível visualizar, pois as suas luzes são por volta de 1 milhão de vezes menos brilhantes do que o Sol. Ou seja, quando é dia, fica impossível visualizar. Inclusive, no auge do verão, próximo ao Polo Norte, o sol praticamente não se põe.

Dessa maneira, a melhor época para observar as auroras é no final do outono e no inverno das regiões polares, quando os dias são mais curtos, e as noites são mais longas. No Hemisfério Norte, esse período, conhecido como período auroral, vai do final de setembro até meados de março. Exatamente nesse período concentramos os grupos da Expedição Islândia!

Aurora boreal na Islândia

A Islândia é um dos 03 destinos mais indicados para visualizar o fenômeno natural, pois possui localização geográfica privilegiada na região polar norte do planeta. Do final de setembro até meados de março, é possível a visualização da Aurora Boreal.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Grupo na cachoeira Skógafoss.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Grupo da Expedição Islândia na cachoeira Skógafoss.

A Islândia é um país insular nórdico europeu que conta com uma natureza exuberante e fantástica. Se há uma afirmação que podemos fazer é a de que você não verá em nenhum lugar no mundo paisagens como as da Islândia. Além de ser um dos nossos países preferidos no mundo, a Islândia tem características especificas para o sucesso na visualização das luzes do norte.

Um dos fatores mais importantes para ver a aurora boreal é que não haja poluição luminosa. Ou seja, qualquer ponto no meio da natureza da Islândia pode ser um bom lugar para observar esse fenômeno sensacional. E para ser ainda melhor, apesar da Islândia ser muito próxima do ártico, as temperaturas do país são muito mais amenas do que em outros países da região auroral, com a média variando de 7ºC a 0ºC.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Reykjavik: uma cidade com energia limpa e sustentável
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – As ruas da charmosa Reykavik, a capital da Islândia.

A Islândia é considerada um país exótico e, talvez por isso, ainda é um país pouco explorado por muitos viajantes, embora muitos fatores tenham chamado a atenção para o país nórdico nos últimos anos. Mas embora as belezas naturais da ilha sejam um dos principais atrativos da Islândia, não são os únicos. A capital da Islândia, Reykjavik, tem uma vida cultural e gastronômica intensas com muita diversidade de atividades. É uma ótima oportunidade para conhecer um novo país e visualizar as luzes do norte!

Auroras boreais mais intensas com o máximo solar

Essa vai ser uma das melhores temporadas de Aurora Boreal na Islândia! Estamos iniciando um período propício para uma maior visualização de Aurora Boreal, não só na Islândia, mas em nosso planeta. E não somos nós quem fizemos essa previsão, mas sim a Agência Espacial Estadunidense (NASA). Os pesquisadores anunciaram que o planeta está iniciando o período de Máximo Solar, um ciclo de onze anos em que a atividade do sol aumenta e diminui. Com isso, aumentam também as chances de visualização da aurora boreal nos países do Hemisfério Norte.

“O atual ciclo solar, que se iniciou em 2019, está previsto para alcançar o seu auge até 2025.”

O atual ciclo solar, que se iniciou em 2019, está previsto para alcançar o seu pico até 2025 e promete espetáculos mais fascinantes do que nunca. Por isso, estamos na melhor temporada de Aurora Boreal na Islândia e no melhor período para planejar a sua viagem para aumentar muito as suas chances de visualização do fenômeno fenômeno mais incrível da natureza. Se o seu sonho é presenciar esse espetáculo da natureza, esse é o melhor momento para planejar a sua viagem para a Islândia com a Terra Adentro Expedições.

As cores e formatos da aurora boreal

A aurora boreal pode se apresentar em diferentes cores e formatos. Os fatores determinantes das cores e formatos das auroras são respectivamente, a altitude e a interação dos gases na termosfera. Dependendo da altitude em que o fenômeno ocorre, o oxigênio pode gerar Auroras Boreais verdes ou vermelhas, enquanto o nitrogênio, também a depender da altitude, é responsável por gerar Auroras azuis, púrpuras ou violetas.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Que cor a Aurora Boreal tem?
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Aurora Boreal púrpura na Islândia.

A Aurora Boreal pode se manifestar em diversos formatos: pontos luminosos, faixas no sentido horizontal ou vertical, agulhas dançantes e até arcos que trocam de forma. Mas sempre estão alinhadas ao campo magnético da terra. Esses formatos diferentes acontecem devido ao modo como o vento solar é capturado na ionosfera, situada acima da estratosfera, que forma uma espécie de “túnel magnético” interagindo com os gases atmosféricos.

A cor verde é a mais comum nas auroras, pois ela se forma a cerca de 150 km acima da superfície da Terra. As auroras rosas, vermelhas, fucsia, por sua vez, são mais raras por que são geradas em altitudes entre 150 e 500 km. As temperaturas e a densidade da atmosfera nessas altitudes mais altas favorecem as transições atômicas que liberam fótons vermelhos.

Na temporada de 2024 tivemos o privilégio de presenciar um desses momentos raros que só a natureza é capaz de proporcionar.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Grupo da Expedição Islândia - Temporada 2023.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Aurora Boreal rara na temporada 2023 da Expedição Islândia.

Aurora boreal em outros planetas

Você sabia que existe aurora boreal em outros planetas? Sim! O fenômeno mais incrível da natureza não é uma exclusividade do planeta Terra. Segundo a National Geographic, a Agência Espacial Europeia (ESA) revelou que auroras foram detectadas em diversas regiões do Universo, desde planetas e luas até estrelas do tipo anãs marrons. Dentro do nosso Sistema Solar, quatro outros planetas se destacam por suas auroras. São eles: Marte, Júpiter, Saturno e Urano.

As auroras de Júpiter observadas pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA. Fonte: Youtube NASA Vídeo.

Cada planeta tem suas particularidades e, por isso, as Auroras também são diferentes. O que causa auroras na Terra é a interação entre os ventos solares e a atmosfera terrestre. Como outros planetas têm atmosferas diferentes, as luzes polares também mudam de um para o outro.

Aurora boreal: cultura, mitos e crenças

A aurora boreal é um fenômeno tão fascinante que ao seu entorno, ao longo dos anos se desenvolveram diversas crenças, mitos e lendas. Enquanto a ciência moderna explica a aurora boreal como resultado da interação entre partículas carregadas do sol e o campo magnético da Terra, as interpretações populares muitas vezes continuam a refletir crenças antigas e mitos associados à aurora.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - 
 Aurora boreal na Islândia.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Aurora Boreal em lagoa glacial na Islândia.

Muitas culturas indígenas que habitam regiões onde a aurora boreal é comum têm suas próprias interpretações sobre esse fenômeno. Por exemplo, os povos Inuit do Ártico acreditavam que a aurora boreal era a dança dos espíritos dos antepassados, enquanto os povos da região escandinava a viam como uma ponte para o mundo espiritual.

Lendas Nórdicas

Na mitologia nórdica, a aurora boreal está associada a várias lendas e interpretações que refletem a compreensão e a imaginação dos povos escandinavos sobre esse fenômeno natural.

  • Os Espíritos dos Guerreiros: Uma das interpretações mais comuns na mitologia nórdica é que a aurora boreal é causada pelos reflexos das armaduras e escudos dos guerreiros divinos que habitam Valhalla, o salão dos heróis mortos em batalha. Segundo essa crença, as luzes dançantes no céu seriam o resultado dos movimentos desses espíritos guerreiros.
  • Os Deuses Jogando com a Luz: Outra lenda sugere que a aurora boreal é o resultado de jogos ou atividades divinas dos deuses nórdicos. Por exemplo, alguns contos descrevem os deuses como jogadores que lançam pedras de luz colorida no céu como parte de seus passatempos celestiais, criando assim as cores e padrões da aurora boreal.
  • As Pontes Celestiais: Algumas lendas nórdicas retratam a aurora boreal como pontes místicas entre os mundos, conectando a Terra ao reino dos deuses e espíritos. De acordo com essas histórias, os mortais poderiam atravessar essas pontes luminosas para alcançar o mundo dos deuses ou receber mensagens dos espíritos ancestrais.
  • Presságios e Profecias: Na mitologia nórdica, a aurora boreal também é frequentemente associada a presságios e profecias. Algumas histórias sugerem que o brilho e a cor da aurora boreal podem prever eventos importantes, como vitórias em batalhas, colheitas abundantes ou até mesmo desastres iminentes.

Ou seja, a aurora boreal é muito mais do que um fenômeno natural, é uma fonte de inspiração, mistério e conexão cultural que transcende fronteiras geográficas e temporais.

Expedição Islândia: a Terra da Aurora Boreal

Se você chegou até aqui no “Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza” já sabe que o lugar no mundo que nós escolhemos para viver essa experiência é a Islândia. E a melhor maneira de buscar Aurora Boreal é na companhia da nossa equipe especializada em buscar as luzes do norte.

Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza - Grupo da Expedição Islândia 2022.
Aurora Boreal: guia completo sobre o fenômeno mais incrível da natureza – Grupo da Expedição Islândia 2022.

Durante a Expedição Islândia avaliamos todos os fatores diariamente para realizar buscas pela Islândia. Se o seu sonho é presenciar esse espetáculo da natureza, esse é o melhor momento para planejar a sua viagem para a Islândia com a Terra Adentro Expedições. Uma das principais atrações do nosso roteiro são as noites de busca pela Aurora Boreal. Sairemos em busca desse fenômeno natural que depende de muita experiência para conseguirmos presenciar. E isso nós temos de sobra!

Já marcamos as coordenadas dos melhores pontos da Islândia para observar e fotografar a Aurora Boreal e, se o tempo permitir, viveremos noites inesquecíveis com ela “dançando” sob o céu do ártico. Você vem com a gente?

Quer saber todos os detalhes desse roteiro incrível? Clique aqui! 

Expedição Islândia

Uma incrível expedição na ilha do fogo e do gelo com busca à Aurora Boreal em janeiro de 2025!